??????????

Secretário adjunto desconhece que fugitivos do Rio estejam em Alagoas

09-12-2010 11:44

 “Se a imprensa tiver alguma informação sobre esse assunto, leve à secretaria", disse

O Nordeste pode ser o possível ‘abrigo’ para os traficantes do Rio de Janeiro, após as operações realizadas na Vila Cruzeiro e no Complexo do Alemão. E foi com o intuito de impedir a ‘estadia’ destes criminosos em Alagoas, que as autoridades iniciaram um monitoramento em estradas, portos, aeroportos.

Em Alagoas, o monitoramento dos presídios foi reforçado, desde a última semana, locais onde estariam presos supostos integrantes de facções criminosas do Rio de Janeiro, a exemplo do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Informações divulgadas pela imprensa alagoana dão conta de que um grupo de oito pessoas já estaria em Maceió, refugiados em uma grota na parte alta da capital.

O secretário-adjunto de Defesa Social (Seds), Washington Luis, por meio de sua assessoria de imprensa, negou ter conhecimento de tal fato. De acordo com a assessoria, o secretário afirmou que desconhece esta informação e que “se a imprensa tiver alguma informação sobre esse assunto, levasse a secretaria, para que o caso fosse encaminhado à polícia alagoana”.

 

Fonte: cadaminuto

Voltar

Procurar no site

© 2010 Todos os direitos reservados.