??????????

Oficial de Justiça acusa tenente do 1º BPM de abuso de autoridade

17-01-2011 13:59

 Mais um caso de abuso de autoridade deve ser investigado pela Corregedoria da Polícia Militar de Alagoas. O oficial de Justiça Osvaldo Carlos Calumbi Alves, 51 anos, formalizou um boletim de ocorrência, neste final de semana, acusando o tenente do 1º Batalhão, Glaudson Jatobá de Oliveira, 32, de agir de forma truculenta.

O caso aconteceu no último domingo (16), na Avenida Assis Chateaubriand, no bairro do Prado, após Osvaldo Carlos chegar até o local, onde ocorreu um acidente de trânsito envolvendo um familiar e um policial militar.

No boletim de ocorrência registrado na Central de Polícia, o oficial disse que após chegar ao local do acidente, o tenente teria atribuído a culpa pela colisão ao estudante universitário, que é parente do oficial. Osvaldo Carlos relatou que tentou conversar com o tenente, mas foi vítima de abuso de autoridade. “Ele já veio me acusando de desacato e acabei sendo preso. Acabei sendo jogado no chão, algemado e em seguida colocado na mala da viatura da polícia”, denunciou.

Levado à Central de Polícia, o oficial prestou depoimento ao delegado plantonista. Na delegacia, foi confeccionando um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e em seguida, Osvaldo Carlos foi liberado.

Após a liberação, ele aproveitou para registrar um Boletim de Ocorrência (BO) contra o tenente. “Tive o rosto lesionado ao cair no chão. Fui desmoralizado e não vou admitir que a polícia me trate desta forma, nem a qualquer outro cidadão de bem”, desabafou.

Um sargento da Polícia Militar, Jorge Tenório, disse ainda que, durante a ocorrência, acabou tendo o carro revistado. “Estava junto com o oficial e não entendi o porquê do tenente pedir para que meu carro passasse por revista”.

O caso deve parar na Corregedoria da Polícia Militar. O CadaMinuto não conseguiu contato com o tenente denunciado pelo oficial.

Voltar

Procurar no site

© 2010 Todos os direitos reservados.